Eliminando a poeira secular
® todos os direitos reservados
Em Tempo...


Política Externa:

Não reconhecemos a política externa brasileira.
Não concordamos com a tolerância para com governos não democráticos, criminosos e populistas.
Que o ETERNO não nos tome por cúmplices em seus crimes. Nós não fizemos parte em seus conselhos.
lidchok bi im haahavah shelcha, Yeshua

Me constranja com o teu amor Yeshua
Átrio dos Gentios
Atualizações
01.01.13: Balanço

06.10.12: Cinquenta tons de ofensa

31.07.12: novo ato: K. Bolkovac

13.05.12: novo texto: Construindo um Paraíso

28.04.12: novo texto: Singularidade em...

Mais... (anteriores)
Recomendadas / Mais visitadas
Singularidade

Liberdade e Educação


Cinquenta tons de ofensa
Contato:
acesso.atrio@gmail.com
A Chave de Eufrásio
Double click to edit
VER BALANÇO
O Átrio está em seu sexto ano e, na incapacidade de redefini-lo agora, faço este registro, como esclarecimento, sobretudo àqueles que o acessam com alguma frequência.

Em fins de 2007 experimentei uma crise com a igreja que freqüentava, e, dentro do respeito e da consideração devida aos demais membros e liderança, naquilo que era possível dentro de uma condição de ruptura, decidi sair, ainda que a família tenha permanecido até nossa mudança de cidade.

Com meu dízimo e a consideração de parte da igreja, era possível começar um novo trabalho. Pesaram contra esta decisão duas questões, a primeira, a falta de um contexto judaico-messiânico, em um ambiente com pouco conhecimento sobre Israel, levar um mensagem como as que estão nas páginas deste “site” soava estranho e forçado.

Mas a questão mais importante era, qual a finalidade de liderar uma igreja? Que motivos ou propósitos haveriam?

Um trabalho mais rigoroso? Uma visão mais correta?

“Percebi” que seria apenas mais uma pessoa a impor seus valores, mais um líder querendo moldar o próprio mundo e se valendo da igreja para satisfazer questões pessoas, existenciais e afetivas.

O Átrio (março de 2008), portanto, em seu ambiente virtual, era a possibilidade de alargar os horizontes visando contatar pessoas que compreendiam ou tinham curiosidade sobre o tal “resgate da origem cristã“.

Também resolvia a questão da liderança, de mais uma igreja aberta. Em um ambiente virtual, o que haveria de prevalecer seriam os vínculos de pensamento. O mote está na página “Quem somos” e “Afiando Espadas”, ou seja, a admoestação mútua. A forma possível de evitar a acomodação que prejudicou e prejudica tantos ministérios.

Fazendo um balanço destes anos, posso registrar...

- Que a média de audiência está por volta de cem a duzentas pessoas, destas, em torno de vinte, demonstram interesse. São números pequenos para outros sites, mas não para o Átrio. Que o ETERNO abençoe cada alma que “deu um copo de água” por considerar o Átrio um site justo.

- Que muitos poucos escreveram, manifestando interesse e aprovação. A estes, meu agradecimento, expressar-se é um dom de D´us, um ato de coragem e bondade, foi desta forma que as recebi. É desta forma que recebo.

- Que não houve nenhuma crítica pesada ou ácida, e este é o pior resultado do Átrio. Considero isto um fracasso digno de nota. No contexto brasileiro isto é bem comum, mas ainda assim, considero que o Átrio não atingiu seu objetivo.

Desta forma, o Átrio ou, mais precisamente, eu, preciso rever cada página, sobretudo as seis primeiras. Esta avaliação é o primeiro passo. Mas quanto ao futuro, quem sabe?

Algumas “certezas”... Ainda que a centralidade de Israel seja importante como cerne de sustentação dos Evangelhos e, afirmo,  permanecerá como um filtro para avaliar a defesa da fé neo-testamentária; vai ficando claro para mim que o mundo é dividido em pessoas segundo as intenções de seus corações.

Esta divisão não se dá por “raça”, credo, gênero, nacionalidade ou qualquer outra bobagem que leva a classificar ou rotular as pessoas e que tem configurado todos os grupos humanos para a sorte, apoderamento ou desventura destes.

O mundo se divide em três grupos, um grupo de pessoas perversas, outro constituído por pessoas que sentem culpa e compaixão e a grande massa de pessoas que se move segundo o mundo, como cardumes de peixes. Para estes últimos, se houver, por inúmeras razões, governos bons, as pessoas se alegrarão e serão relativamente boas, se, contudo, o mundo pender para a insanidade, a massa tentará se adaptar a qualquer custo (já tratamos disso aqui no Átrio), algo parecido com as técnicas de bullying, sacrificamos, ou deixamos sacrificar outros, desde que possamos nos manter fora do alvo do mal, relativamente a salvos.

Vai ficando claro para mim, que apenas as dificuldades e os tempos difíceis de que a Palavra assinala serão suficientes para separar, como a mesma Bíblia bem diz, o joio do trigo.

Estamos no limiar desta separação, primeiro, em nós mesmo, para depois, nos reconhecer, um para com o outro, como sempre desejamos, livres de todas as amarras e “proteções” sociais.

Será bom poder olhar olhos amigos, poder ver o “trigo” nascendo, em nós e nos outros. Como Yeshua disse, “regozijai-vos, pois é chegado o Reino de D´us“.

Toda a dor deste tempo será facilmente suportada pelo despertar do amor ao próximo, do reconhecimento de “velhos” amigos. Eis a nossa esperança, eis o viés pela qual o Átrio tentará se redefinir, enquanto ainda houver espaços para o registro de seres-humanos livres do controle que só não ocorreu ainda porque o tempo não é chegado.

Ao que lê esta página... Aos que visitam o Átrio... Minha oração, para que o Bom D´us nos dê coragem sem medida e da coragem nasça a alegria de transpor este tempo e este mundo bem como tirar do nosso coração esta ansiedade “milenar”, esta expectação “sem fim”, substituindo pelo gozo de Sua boa vocação em nós.

M. Mingra



Aos filhos de Israel
  • cartier bracelet replica
  • cartier love bracelet replica
  • cartier love ring replica
  • cartier love bracelet replica
  • cartier love bracelet replica
  • christian louboutin outlet online
  • christian louboutin outlet online
  • christian louboutin replica
  • christian louboutin replica
  • christian louboutin outlet online
  • cartier bracelet replica
  • cartier bracelet replica
  • cartier bracelet replica
  • cartier bracelet replica
  • cartier bracelet replica